Advertising

Morre o ator João Acaiabe

O ator João Acaiabe, de 76 anos, morreu na madrugada desta quinta-feira (1), em decorrência de complicação da Covid-19. A informação foi confirmada por amigos nas redes sociais. Ele estava internado no Hospital Prevent Senior, em São Paulo onde, segundo publicação de seu Instagram, apresentava um "quadro estável". O ator estava tratando o vírus desde o dia 15 de março.

A atriz Vanessa Goulartt usou suas redes sociais para prestar uma homenagem a ele: "Acaiabe, que você tenha uma passagem iluminada, que a sua doçura fique como exemplo para todos nós. Você me mandava mensagens diariamente para saber da minha avó, quando íamos imaginar que você também seria levado por esse vírus cruel. Te desejo toda luz e todo amor, e para os que me leem não duvidem nem por um minuto do poder devastador dessa pandemia. Protejam-se, pensem em si, pensem em todos... Que Deus nos proteja", escreveu na publicação.

O produtor de teatro, Sidney Santiago Kuanza, se manifestou pelo Facebook: "Amig@xs com dor informamos que o nosso Astro maior, de coração gigante e trajetória ímpar acabou de falecer em função de uma parada cardíaca por conta da Covid 19, um Rei. Um homem terno. Resistiu. Fez amigos. Incentivou gerações. Alegrou um bilhão de crianças. Sua família segue para Espírito Santo do Pinhal, interior paulista, onde as honras serão rendidas. Perdemos tanto. O céu ganhou João.", escreveu.

O roteirista, Aimar Labaki, também lamentou: "Que tristeza", escreveu.

João ganhou destaque na televisão por viver personagens como Tio Barnabé no Sítio do Picapau Amarelo entre os anos de 2001 e 2006, exibido pela rede Globo e também o Seu Pimpinonni na nova versão da telenovela Uma Rosa com Amor, além do Chefe Chico no remake de Chiquititas exibido entre os anos de 2013 e 2015. O ator também tem longa carreira no cinema. Seu trabalho mais recente foi dando voz ao Rafiki na versão live action de O Rei Leão.

Em setembro do último ano, João revelou que estava passando por sessões de hemodiálise em um hospital de São Paulo. Diagnosticado com insuficiência renal, ele estava na fila por um transplante de rim. "Estou na fila, mas eu não sabia que há uma quantidade de pessoas. Não tem previsão, tem que ter muita paciência", disse ele em participação no programa Balanço Geral. "Emagreci bastante, perdi uns 25 ou 30 (quilos)", conta o ator. A perda de peso é consequência da dieta restrita após o diagnóstico.

Do Extra

Postar um comentário

0 Comentários