Advertising

Funcionário do Extrabom demitido após assediar cliente, em Boa Viagem


Um homem que atuava como funcionário do Supermercado Extrabom, na Avenida Professor João Medeiros, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, foi demitido após uma denúncia feita nas redes sociais no domingo passado. Uma cantora, de 31 anos, que pediu para ser identificada apenas como Bárbara, contou que tudo começou quando ela chegou à loja com mais duas amigas e o funcionário, um segurança, teria olhado para elas de forma considerada abusiva.

“Ele estava na entrada da loja, olhando para nossas bundas. Fiz um comentário em particular com as meninas sobre isso, disse que aquilo era horrível e ele começou a rebater e dizer que o que era bonito era para se olhar. Estamos acostumadas a esse tipo de situação na rua, sempre tem esses comentários e a gente não gosta. Só que desta vez a gente estava em um  ambiente privado, onde vou lá todo dia”, comentou, acrescentando que não pretende mais voltar ao supermercado.

O caso ganhou repercussão nas redes sociais depois que Bárbara resolveu expor toda a situação no perfil pessoal do Instagram. A cantora recebeu mensagens de apoio logo após a postagem. Algumas clientes do lugar engrossaram o coro e confirmaram nos comentários que o mesmo funcionário costumava fazer o mesmo com outras mulheres.

Ainda segundo a cantora, um homem identificado como gerente da loja também foi acionado pelas vítimas, mas não teria tomado qualquer providência para resolver a situação. “Ele nos ignorou, não fez nada. Chamamos a Polícia Militar, pelo 190, mas nenhum policial chegou no período de uma hora que ficamos lá. Depois, o segurança ainda falou que a gente estava nua, justificando o que ele fez.”

Bárbara filmou parte do caso e disse que o segurança ainda tentou pegar o celular da mão dela durante a gravação. “O que a gente quer é que as mulheres sejam tratadas com respeito. Não podemos aceitar essa postura.  As empresas precisam contratar pessoas que nos tratem de forma adequada. As mulheres precisam se sentir confortáveis e seguras.”
A cantora falou que deve procurar a Delegacia de Boa Viagem ainda esta semana para prestar uma queixa contra o ex-segurança.

No mesmo dia da postagem no Instagram, Bárbara disse que foi procurada por uma equipe do Extrabom. A rede social da empresa foi marcada no texto de desabafo da jovem. Ela foi informada pela direção do supermercado que o segurança foi demitido na segunda-feira (13) e que o gerente passaria por uma “reciclagem comportamental”. “Não achei certo somente um responder pelo que aconteceu porque o gerente também foi omisso”, acrescentou.

O Extrabom se pronunciou sobre o fato através de nota: “Lamentamos profundamente a denúncia de assédio ocorrida em uma de nossas lojas. Ética, transparência e respeito são valores que fazem parte da nossa história e não poderíamos deixá-los de lado em um momento como esse. Assédio é crime e nunca vamos compactuar com qualquer coisa relacionada a tal comportamento. Desde ontem (domingo), estamos em contato com a cliente, sempre à disposição, fornecendo toda a assistência possível. O segurança foi imediatamente afastado das suas funções e hoje pela manhã (segunda-feira), desligado do nosso quadro de funcionários. 

O gerente foi afastado da função por não ter apresentado a postura necessária diante do fato, não prestando o apoio correto à cliente. Ele será submetido a um programa de treinamento e reciclagem. Sua reintegração às funções anteriores será submetida a avaliação. Iremos reforçar as nossas políticas internas de combate à qualquer prática como esta relatada pela nossa cliente. Reiteramos aqui o nosso compromisso com o bem-estar e a segurança de todos os consumidores, assim como a capacitação adequada de nossa equipe. Trabalharemos para que uma situação como essa jamais se repita.”

Do DP

Postar um comentário

0 Comentários