Advertising

Morre o ator Flávio Migliaccio


Na manhã desta segunda-feira (04), o ator Flávio Migliaccio, de 85 anos, foi encontrado morto em seu sítio, em Rio Bonito (RJ).

Marcelo Migliaccio, filho de Flávio, disse que recebeu uma ligação do caseiro dizendo que o Flavio tinha falecido. Ao lado do corpo, uma carta de despedida. O ator cometeu suicídio.


“Me desculpem, mas não deu mais. A velhice nesse país é o caos, como tudo aqui. A humanidade não deu certo. Eu tive a impressão que foram 85 anos jogados fora num país como este. Cuidem das crianças de hoje (Flavio Migliaccio)".


O último trabalho do artista na TV foi em 2019, em ‘Órfãos da Terra’, onde ele fazia o Mamede Aud. Muito conceituado no meio artístico, ao longo de sua carreira Fávio teve grandes destaque nas novelas da Rede Globo como ‘Rainha da Sucata’, ‘Perigosas Peruas’, ‘A Próxima Vítima’, ‘Senhora do Destino’ e ‘Passione’, entre muitas outros projetos.

CARREIRA

Flávio Gomes Migliaccio nasceu na cidade de São Paulo, no bairro do Brás. É um dos filhos de uma família de dezessete irmãos, entre eles a atriz e comediante Dirce Migliaccio, já falecida.


Casado com Ivone Miglliaccio, e pai do jornalista Marcelo Miglliaccio, Flávio iniciou atuando em peças de teatro na periferia de São Paulo, onde logo descobriu a sua veia cômica. Participou de um grupo de teatro da igreja de Tucuruvi onde ficou três anos, até chegar a ator principal e diretor. Como precisava ganhar dinheiro, no entanto, teve que arrumar outras ocupações, trabalhando como balconista e mecânico. Em 1954, depois de fazer o curso de teatro do diretor italiano Ruggero Jacobbi, Flávio começou sua carreira de ator profissional no Teatro de Arena. O seu primeiro papel foi o de um cadáver, na peça Julgue Você.



Flávio era muito conhecido pelo seu charme e sensualidade no seu papel de Xerife na série de TV brasileira Shazan, Xerife e Cia., e pelo papel de Tio Maneco, na série exibida pela TVE. Na Rede Globo pôde ser visto com grande destaque nas novelas Rainha da Sucata, Perigosas Peruas, A Próxima Vítima, Vila Madalena, Senhora do Destino e Passione, entre muitas outras.

Com informações da IstoÉ

Postar um comentário

0 Comentários