Advertising

Aviso de videomonitoramento na Av. Caxangá está irregular


A Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte Urbano do Recife -  CTTU implementou no final do ano passado mais 16 pontos de fiscalização por videomonitoramento na cidade, porém, para que as multas aplicadas por esta modalidade tenham validade, a resolução 532/2015, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) diz que as vias nas quais haja a fiscalização devem estar bem sinalizadas, com placas bem visíveis, com o dizer "Fiscalização por Vídeo Monitoramento" a uma distância de, pelo menos, 200 metros da cada câmera.

Na Avenida Caxangá, na câmera instalada próximo ao cruzamento com a Rua São Mateus, no bairro da Iputinga, Zona Oeste do Recife, isso não acontece. É o que nos conta o internauta Marcos José de Brito.


Segundo ele, a CTTU reaproveitou uma pequena placa antiga, arrancou os adesivos nela existentes e colocou novos dizeres, informando a fiscalização, porém, além do tamanho da informação, a placa está praticamente há menos de 30 metros da câmera de videomonitoramento, tornando sem efeito toda autuação daquela câmera.


Postar um comentário

0 Comentários