Advertising

Morre o técnico Nereu Pinheiro


O nome de Nereu Pinheiro estará sempre na história do futebol pernambucano. O lendário treinador, que, no estado, acumulou passagens por Sport, Santa Cruz, Central, América, Olinda e Ferroviário do Cabo, faleceu nesta quinta-feira, aos 69 de idade, por decorrência de um tumor na cabeça.

O dia do óbito é simbólico. Na mesma data, 20 anos atrás, Nereu comandava o Santa Cruz que, em um empate sem gols com o Goiás, conseguia um acesso à Sèrie A, ainda lembrado pela torcida. Em solidariedade, o clube prestou uma homensagem ao ex-treinador em seu Twitter.

Ele também é marcado por uma grande campanha no Sport, na qual se sagrou vice-campeão da primeira edição da Copa do Brasil, em 1989. No torneio, o time de Nereu passou por  Fortaleza, Guarani, Vitória e Goiás, sendo superado pelo Grêmio na decisão.


Sempre respaldado como uma grande referência do futebol pernambucano, Nereu foi responsável por revelar diversos jogadores que fizeram sucesso nos gramados estaduais, como Juninho Pernambucano, Sandro Barbosa, Russo e Chiquinho. Ele foi escolhido para comandar a Seleção Pernambucana, no amistoso realizado no ano passado contra o Barça Legends, na Arena.

Nereu Pinheiro também construiu trabalhos fora do estado, tendo comandado Treze, Confiança e Sergupe. Ele vinha realizando tratamento para o tumor que o acometeu, mas não conseguiu ressitir e morreu a quatro dias do seu aniversário de 70 anos, que seria comemorado na próxima segunda-feira.

Do PE Esportes

Postar um comentário

0 Comentários